Notícias


Data: 29/09/2016

Encontro de Comunidades, Agroecologia, Florestas e Economia



Realizado no dia 29 de novembro de 2016 na sede do Programa Arboretum em Teixeira de Freitas, o Encontro de Comunidades, Agroecologia, Florestas e Economia no Extremo Sul da Bahia que reuniu 36 comunidades e 147 participantes de diferentes municípios.

Após um café da manhã solidário foram realizadas apresentações feitas pelas comunidades dos trabalhos realizados na coleta de sementes, produção de mudas, restauração, implantação de hortas agroflorestais e sistemas agroflorestais biodiversos.

Neste primeiro encontro foram trabalhadas 3 cadeias produtivas (Óleos e Resinas, Meliponicultura e Alimentícia: Palmito) em oficinas simultâneas durante a tarde. Porém o objetivo é chegar a trabalhar todas as 6 cadeias produtivas florestais ampliando os conhecimentos e favorecendo a implantação destas cadeias produtivas no território.

A parceria dos programas – Arboretum e PDRT – favorece a aproximação dos coletores de sementes dos agricultores familiares que necessitam de espécies nativas para enriquecer suas áreas. Durante o encontro houve uma feira de troca de sementes e mudas e a doação pelo Arboretum de sementes de Cupã – espécie ameaçada de extinção.

Os agricultores formaram um varal de fotos com as práticas agroecológicas que utilizam favorecendo a troca de saberes e conhecimento.

“Uma das maiores dificuldades para implantação das agroflorestas é a falta de sementes e mudas, agora conhecendo o Programa Arboretum, teremos menos dificuldade” Jorge Miranda – Canabrava (Alcobaça/BA)

O PDRT em 2016 iniciou o trabalho com a agrofloresta e a parceria com o Arboretum favorece a ampliação das espécies a serem utilizadas na implantação das primeiras áreas no Extremo Sul.Ao tempo que essa parceria amplia também os guardiões de sementes e espécies ameaçadas e proporciona maior alcance geográfico do trabalho de restauração e conservação de espécies.

A Polímata Soluções Agrícolas e Ambientais é uma empresa que trabalha na implantação de agroflorestas no Extremo Sul da Bahia, no âmbito do Programa de Desenvolvimento Rural Territorial – PDRT.

O encontro ficou com gosto de quero mais, devendo ser ampliado para 2017.